Os mestres

Lina Lopes

Publicado em 24/out/2017
Artista e consultora em Mídias Digitais, trabalha com projetos de Video Mapping, interatividade e luminotécnica. Graduada em Cinema pela Universidade de São Paulo, possui especialização em Iluminação e Design. Mestre em Design pela Faculdade Anhembi-Morumbi. Sua pesquisa abrange o campos de design paramétrico/generativo, video mapping, prototipagem, interatividade, wearables e internet das coisas. Sua produção no campo das novas mídias permeia o conceito de instalação interativa, programação com Arduíno, Processing, e mais recentemente projetos em Biohacking. Dirige o atelier Lilo.Zone voltado ao uso criativo de tecnologia e experiências lúdicas com tecnologia acessível.
Recentemente produziu a obra Balanços InterAfetivos dentro da residência em tecnologia dentro do RedBull Basement cujo tema era tecnologia e cidade. Balanços InterAfetivos é um projeto de mobiliário urbano interativo que se ilumina ao toque. Uma obra aberta com tecnologia acessível para que qualquer pessoa possa replicar o balanço em sua comunidade. Outro projeto fruto de uma residência artística e científica dentro do MediaLab/UFG foi Touch Skin, uma pesquisa em materiais condutivos flexíveis, que podem ser agregados a pele e funcionar como uma tatuagem-sensor-temporário.

Outros trabalhos foram desenvolvidos em parceria com instituições, como a instalação com projeção imersiva La Casa Azul no Instituto Tomie Ohtake, uma recriação poética do quarto da Frida Kahlo em 360 graus no espaço; o projeto Framing Body com videomapping interativo na fachada da FIESP, em que as cabeças, troncos e pernas das pessoas se misturam uma com as outras; e três instalações sobre luz na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, onde foi desenvolvido um projeto exclusivo de console de game com uma bike interativa. Possui trabalhos internacionais como a intervenção SEA//ME na praia de Barceloneta, um mobiliário urbano produzido com fabricação digital; e a instalação LABinto, uma instalação interativa em que o público entra em uma edificação histórica do centro de Barcelona munido de uma lanterna capaz de revelar as imagens nas paredes.

Este projeto é mantido e patrocinado pelas empresas: